quarta-feira, agosto 10, 2022
Anúncios
Anúncios

Pollyanna Dutra desiste da reeleição e vai brigar pelo Senado a pedido de João Azevêdo

O governador João Azevêdo (PSB), pré-candidato à reeleição, anunciou nas redes sociais que a deputada estadual, Pollyanna Dutra, será a candidata dele ao Senado. Ela fecha a chapa majoritária governista. O convite foi feito à parlamentar no dia anterior, pessoalmente, e ela aceitou imediatamente.

“É com muita alegria que anuncio o nome da companheira Pollyanna Dutra para ser a nossa senadora nessa caminhada rumo à reeleição. Com Lucas e Pollyanna esta composição política contempla experiência de gestão com juventude e a força da mulher paraibana, com o sertão sendo integrado a Campina e a João Pessoa, numa simbiose que aponta para o futuro, mas lastreado em tudo que fizemos em um passado recente”, comentou o governador.

Quando prefeita pelo PT, em Pombal (entre 2009 e 2016), conseguiu recursos federais em prol de cidades do Sertão, em consórcio para implantação de projetos. Era querida por Lula e apoiadores.

Pollyanna pretendia se candidatar à reeleição, com grandes chances de permanecer na Assembleia Legislativa. Tem na sua agenda, as pautas progressistas e focadas no debate da proteção da mulher e equidade de gênero.

O ex-prefeito de Brejo do Cruz, Barão, esposo dela, deve ser candidato a deputado estadual pelo PL, mesmo partido de Bolsonaro. Se eleito, fortalecerá a gestão anti-petista na Assembleia e diminuirá os aliados de João.

Pollyanna foi secretária-executiva (Articulação Municipal) na gestão do ex-governador Ricardo Coutinho e foi eleita em 2018 como deputada estadual com quase 29 mil votos.

Como mulher, sertaneja, os governistas preparam o discurso de representação feminina e regional. Pollyana deve virar, ainda, uma opção à esquerda, que, até agora, tinha Ricardo Coutinho (PT) – ainda inelegível – e Rangel Júnior (PC do B).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Anúncios -

Posts Populares