quarta-feira, setembro 14, 2022
Anúncios
Anúncios

Em dezoito anos, 550 paraibanos foram encontrados em condições de escravidão, aponta MPT

O fim da escravidão no Brasil aconteceu em 1888, com a Lei Áurea. Mas até hoje as chagas deixadas pela prática ‘sombria’ ainda marcam a sociedade brasileira. Um desses resquícios é a existência de trabalhadores submetidos a situações semelhantes à escravidão.

As situações são muitas e nem sempre chegam ao conhecimento das autoridades.

Mas o número de pessoas resgatadas em inspeções revela o tamanho do problema. Entre os anos de 2003 e 2021, foram 550 paraibanos resgatados, em vários pontos do país, em condições análogas à escravidão. Os dados são do Ministério Público do Trabalho da Paraíba (MPT-PB).

Em abril deste ano foram três da cidade de São José de Piranhas e um de Monte Horebe, resgatados de uma plantação de maçãs no Estado de Santa Catarina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Anúncios -

Posts Populares