quarta-feira, setembro 14, 2022
Anúncios
Anúncios

Após medidas eleitoreiras, Bolsonaro registra aprovação de 41% e indica tendência de alta, diz pesquisa

A taxa de aprovação do governo de Jair Bolsonaro (PL) vem desenhando uma lenta trajetória de alta desde janeiro de 2022. Os dados são da pesquisa PoderData, realizada de 17 a 19 de julho. Hoje, 41% do eleitorado brasileiro aprova a atual gestão federal. Outros 55% desaprovam a administração bolsonarista.

A pesquisa foi realizada pelo PoderData, empresa do grupo Poder360 Jornalismo, com recursos próprios. Os dados foram coletados por meio de ligações para celulares e telefones fixos. Foram 3.000 entrevistas em 309 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. O intervalo de confiança é de 95%. O registro no TSE é BR-07122/2022.

O quadro segue negativo para o governo, mas indica melhora gradual nos últimos meses. No início de janeiro, a aprovação estava em 31% e a reprovação, em 61%. Os números refletem as recentes políticas assistencialistas e eleitoreiras do governo Bolsonaro.

O PoderData monitora a avaliação do governo a cada 15 dias. Na rodada anterior da pesquisa, realizada de 3 a 5 de julho, 39% aprovavam e 55% reprovavam a administração federal.

A distância entre as duas taxas está em tendência de queda desde janeiro, quando desaprovação superava aprovação em 30 pontos percentuais. Hoje, é de 14 pontos.

Para chegar a 3.000 entrevistas que preencham proporcionalmente (conforme aparecem na sociedade) os grupos por sexo, idade, renda, escolaridade e localização geográfica, o PoderData faz dezenas de milhares de telefonemas.

Muitas vezes, são mais de 100 mil ligações até que sejam encontrados os entrevistados que representem de forma fiel o conjunto da população. Saiba mais sobre a metodologia lendo este texto.

Na sucessão presidencial, Bolsonaro segue com 2 obstáculos difíceis de transpor na estabilidade das intenções de voto em Lula – que mantém intenção de votos consistentemente acima de 40% no 1º turno – e a alta taxa de rejeição do voto no atual presidente, que dificulta uma vitória em 2º turno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Anúncios -

Posts Populares